Santa Casa da Misericórdia de Oeiras

Pesquisa

Agenda de Eventos

<<<Outubro 2018>>>
stqqssd
24252627282930
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930311234

Sondagem

O que acha deste site?




 

Irmandade

Viemos de longada até quase ao dobrar do milénio.

Alguns séculos nos precederam.

Mareantes não já da carreira da Índia mas da carreira da vida somos nós. 

Dessa carreira da vida que, no fundo, é a carreira da Índia Nova, da Nova Idade que desde sempre nos foi prometida. 

Quando o Rei D. Manuel I beneficiava a Irmandade de Nª. Srª. da Conceição dos Mareantes da carreira da Índia, sua irmã, a Rainha D. Leonor, fundava a Irmandade de Nª. Srª. da Misericórdia. 

Neste gesto dos dois irmãos acabámos por nascer nós, verdadeiramente. 

Como o tempo volta ao princípio!  E no fundo, para nos dizer que do trono comum de dois irmãos que tanto se queriam, fica-nos o magnífico imperativo de continuar a dar testemunho sob a dupla invocação da Virgem da Misericórdia e da Imaculada Conceição. 

E para quê? 

Muito simplesmente para 

1.     Dar de comer a quem tem fome;

2.     Dar de beber a quem tem sede;

3.     Vestir os nus;

4.     Dar ousada aos peregrinos;

5.     Assistir aos enfermos;

6.     Visitar os presos;

7.     Enterrar os mortos.

 

1.     Dar bom conselho;

2.     Ensinar os ignorantes;

3.     Corrigir os que erram;

4.     Consolar os tristes;

5.     Perdoar as injúrias;

6.     Sofrer com paciência as fraquezas do nosso Próximo;

7.     Rogar a Deus pelos Vivos e Defuntos. 

É para proclamar a continuação da prática destas Obras de Misericórdia, as Corporais e as Espirituais, por vezes tão esquecidas, que nós hoje estamos aqui!

 

PROPÔR UM IRMÃO PARA A MISERICÓRDIA É A MELHOR FORMA DE PRATICAR O BEM!

Downloads

© Santa Casa da Misericordia de Oeiras 2018. Todos os direitos Reservados  web design site express by webuild